English

ASL Serviços Marítimos

Seja bem vindo, 30 de outubro de 2020

Feed RSS Notícias

Cabotagem deverá crescer 36% nos próximos dois anos

20/08/2012

De acordo com uma pesquisa recente formulada pelo Ilos (Instituto de Logística e Supply Chain), a cabotagem brasileira deverá registrar, nos próximos dois anos, 36% de crescimento. “A expectativa é que o aumento médio transportado pelo modal seja de 36% nos próximos dois anos. O que aproxima o Brasil dos padrões mundiais desta modalidade de transporte, mais segura e eficiente e que, paralelamente, é muito menos poluente que outras modalidades de transporte de carga”, afirma João Guilherme Araújo, diretor de Desenvolvimento de Negócios do Ilos.
 
Araújo destaca, dentre os setores mais interessados em ampliar a sua participação na cabotagem, os de higiene e limpeza, de cosméticos e farmacêutico, automotivo e de autopeças, químico e petroquímico e de alimentos e bebidas. “O nosso país tem 7.500 quilômetros de costa, 80% de sua economia estão a apenas 200 quilômetros dela. É portanto um tremendo e natural candidato a usar o transporte de cabotagem, que no entanto, é uma modal ainda subutilizado quando comparado com números internacionais”.
 
No Brasil, segundo ele, a cabotagem responde por apenas 9% do transporte de carga, contra 37% da União Europeia e 48% da China, o país que mais usa este tipo de transporte em todo o mundo. O estudo ainda aponta a rota Manaus-Santos-Manaus como a de maior potencial de crescimento. O Porto de Santos (SP) é visto pelas empresas entrevistadas como o principal ponto de saída de carga por cabotagem, seguido por Paranaguá (PR) e Manaus (AM). Em contrapartida, Manaus e Suape (PE) são os portos com maior potencial de receber carga por cabotagem, seguidos por Santos.

Fonte: Guia Maritimo

« Voltar

Twitter Facebook
ASL SERVIÇOS MARITIMOS © Copyright 2020 - Todos os direitos reservados
Endereço: Rua General Camara, 5 Sl. 801 | CEP: 11010-121
Tel.: +55 (13) 3219 . 1103 | Tel/Fax.: +55 (13) 3219 . 2304
VXM - Site e Identidade Visual